Como prometido no último post, aqui têm uma calculadora que poderão usar antes de decidir comprar ou casa ou, mesmo já tendo comprado, para analisar se de facto foi uma boa decisão.

A calculadora apenas fornece uma indicação de valores, mas tenha em atenção que:

1 – Há muitos custos não monetários que devem ser considerados na decisão e é muito importante refletir sobre o momento pessoal e profissional em que nos encontramos. Este vídeo explica de forma muito simples esta questão. Resumidamente, não compre casa se não está numa situação estável e se não espera viver na mesma pelo menos 5-7 anos.

2 – A calculadora segue determinados pressupostos que poderão não ser válidos no longo prazo. Por exemplo, é assumido que as taxas de juro se mantêm constantes ao longo do empréstimo, o que não é verdade em todos os casos, já que em Portugal a generalidade dos empréstimos é feita com taxas de juro variáveis.

3 – É crucial fazer contas, mas também é muito importante o seu gut feeling. Sente que é aqui que quer morar? A casa vai ajudá-lo a atingir os seus objetivos em outras áreas da sua vida ou, por outro lado, não, por reduzir a sua mobilidade e/ou representar um valor muito elevado a pagar por mês?

4 – Nunca é demais referir que a flexibilidade de alugar uma casa permite-lhe algum controle sobre o valor a pagar por mês, podendo ajustar-se o valor às suas necessidades do momento. Assim, por exemplo, se começou a trabalhar e vive sozinho pode viver numa casa alugada pequena e barata, sendo que, se tiver família, se poderá mudar para uma casa maior e com uma renda mais elevada. Assim que os seus filhos saírem de casa, pode novamente mudar de casa e reduzir o valor a pagar mensalmente. Igualmente, se se encontrar numa situação financeira mais frágil, seja por perda de trabalho ou outras razões, pode também mudar-se para zonas mais baratas, pagando menos de arrendamento.

Espero que a calculadora o ajude a refletir sobre este investimento tao importante que é a nossa casa!

This article has 2 comments

  1. Fernando E. Pereira Reply

    Olá Inês,
    Obrigado pela calculadora.
    Entendo o argumento de que, por um lado, ser proprietário de uma casa dá mais estabilidade, por outro, pode eventualmente impedir a mudança se necessária.

    • maisquepoupar Reply

      Pois, sao prós e contras e cada um deve pesá-los de acordo com o seu contexto e com o que valoriza mais.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *